Concordo com a frase de Nicolau Saião
inscrita neste seu quadro.

1 comentário:

Marco Aqueiva disse...

Caro Rui

Penso que há toda uma encruzilhada de interesses e poesia no fazer poético, acrescentando a seara fértil que é a web em tornar cada um um veículo de comunicação solipsista :)

A propósito, mande-me para o Valise alguma reflexão sobre o poético/poesia/poema, certo?

http://aqueiva.wordpress.com/

Um grande abraço por sobre o Atlântico,

Marco.