Estremoz
UM POSTAL
PARA MÁRIO CESARINY:
"VIAGEM A ARCTURUS"

Pintores na surrealidade assinalam Cesariny (“Um Postal para Mário Cesariny”).

Mostra internacional, com autores de Portugal, Espanha, França, Estados Unidos, Escócia, Canadá, Itália, Brasil, Argentina… - 4 de Março a 1 de Abril

Entretanto, tem estado a decorrer, prolongando-se até 25 de Fevereiro, a mostra "Contemporâneos de Cesariny no acervo da Galeria de Desenho do Museu Joaquim Vermelho".

POESIA
Conversa a propósito da estadia de Mário Cesariny, Mário-Henrique Leiria e António Maria Lisboa em Estremoz (Colégio Moderno do Dr. João Falcato), com a récita de poemas de Cesariny, A. M. Lisboa e M. H. Leiria (Café Águias d’Ouro), com a presença de António Simões, Miguel de Carvalho e Nicolau Saião. - 24 de Fevereiro

Poetas na surrealidade em Estremoz – antologia - organizada por NS - lançada a 31 de Março, com poemas de Allan Graubard, Amanda Berenguer, António Barahona, Carlos Martins, Claudio Willer, C. Ronald, Floriano Martins, Gérard Calandre, Isabel Meyrelles, Jack Dauben, João Garção, João Paulo Silva, Juan Liscano, Maria Estela Guedes, Miguel de Carvalho, NS, Rafael Daud, Renato Suttana, Rosa Alice Branco, Ruy Ventura, Susana Giraudo, Wladimir Saldanha. Será ainda publicado um poema de Mário Cesariny cedido pelo Eng. José Alberto Reis Pereira, dedicado pelo A. a Saul Dias.


Ciclo levado a efeito pelo Museu Joaquim Vermelho (responsável, Dr. Hugo Guerreiro), com organização de Nicolau Saião e Carlos Martins e apoio de José Cartaxo

Agradecimentos: a Maria Estela Guedes, Ana dos Santos, Ruy Ventura, Cruzeiro Seixas e Floriano Martins.

(Imagem: "O papá que veio de leste", 1980, óleo de Mário Cesariny, col. João Garção)

7 comentários:

r.l. disse...

Era então a isto que se referia, Nicolau. Excelente. Vou estar atento, um abraço.

Juan Pardo Baeza disse...

En seguida la Exposición vendrá para Ciudad Real. Y me estoy mui a gusto por su concretización, en vista de la organización portuguesa haber declinado muestra en Lisboa.
En esa que lo hagan las galerías de mierda pesetera. Nosotros queremos a los poetas.

A.Camejo disse...

Talvez me engane, mas de certeza que vai ser feita censura na divulgação disto nos chamados orgãos de referencia. Os alentejanos já estão habituados.

100smog lda. disse...

parabens plo texto e pela incisão!!!

Mafra disse...

Também acho que vão fazer censura, tapar o sol com a peneira. Certos jornais estão ao nível rasca o que se diz rasca e se não fores em Lisboa não vales. Vai-se a ver é uma pandilha que Deus me acuda.
Lá estarei a ver, espero ter ocasião.

vanessapelerigo disse...

lá estarei no belo Alentejo a apreciar Cesariny!

Luís Coelho e Ana C. disse...

Que tudo corra bem, Nicolau. Pensamos não faltar, pelo menos à exposição.