E SE TIVESSE SIDO
CUNHAL O VENCEDOR?

E se tivesse sido Cunhal o vencedor do concurso? Teríamos, decerto, uma boa parte da esquerda rejubilante com a elevação aos altares televisivos desse seu "santo" (assim o apresentou Odete Santos), "coerente" até ao fim na defesa e glorificação dos regimes totalitários envolvidos pela ideologia marxista-leninista e/ou estalinista, regimes que, por esse mundo fora, deram cabo e continuam a destruir a dignidade, a liberdade e a vida de tantos cidadãos.
Se a "medalha de prata" ganha por Álvaro Cunhal demonstra nalguma medida também um protesto contra a governação dos últimos trinta anos, a sua votação terá sido fruto, em grande parte, de uma mobilização telefónica militante dos comunistas ou simpatizantes do PCP (uns por convicção, outros por boa-fé demasiado distraída). Ao contrário de Salazar, os defensores do representante máximo dos ideais soviéticos no nosso país estão muito mais organizados, enquadrados na sua maioria por um partido que não esconde totalmente os seus propósitos mais íntimos.
Faces da mesma moeda, no ódio contra a democracia representativa, há no entanto diferenças entre Salazar e Cunhal: o primeiro foi ditador, o segundo gostaria de tê-lo sido. Nem vale a pena contra-argumentar-se com a sua luta anti-fascista. Vai uma grande diferença entre o digno combate contra o Estado Novo em defesa da Liberdade e da Democracia e um outro combate contra esse mesmo regime político que visava, ao fim e ao cabo, apenas a instauração de uma "ditadura do proletariado".

4 comentários:

Mário Janeira disse...

Muito bem, Ruy Ventura!
Mas não serão textos destes, pese à sua lucidez, que o farão ficar nas boas-graças dos que tentam a todo o custo, mesmo desesperadamente, colocar-nos uma canga marxista, como os outros puseram uma salazarista.
Continue agindo de acordo com a sua consciencia, isso é que é digno. E não ligue aos malandrins que tentam prejudicá-lo.
O futuro falará, tal como o faz o presente. E não será gago.

louca disse...

Do proletariado, vírgula! Do Comité Central, como é habitual e toda a gente sabe, mesmo os que fingem que não sabem.

xauter disse...

O comunismo ainda vos enterrará a todos! Viva Marx e Lenine!

Silvina disse...

O espírito é mesmo esse: matar todos os que se lhe opõem... e enterrá-los, para não cheirarem mal.