Vozes do Brasil

RENATO SUTTANA

O POLVO

Coisa de pura
sobrevivência,
o polvo

transforma-se em
pedra,
transforma-se em

coral,
areia,
alga, água de mar trevoso. –

Perscruta
com olho sagaz
o perigo que espreita

do fundo do azul
ou, então,
trocando-se por um rastro

de negro engodo,
foge
em disparada.

in "Bichos"
(Desenho de Nicolau Saião)

2 comentários:

jmm disse...

O blog a pouco e pouco vai-se afirmando.
Também já me chegaram uns zunzuns de que o famoso personagem da blogolandia Zé Povão vai em breve começar a colaborar.
Vai haver rabos a arder e melões a crescer! É que o Zé Povão não põe os nabos em saco.
A ver vamos.
Parabéns sôr Ruy e sôr Sayão.

Anónimo disse...

O Zé Povão que apareça! Já quando visitava o Quartzo era uma maravilha lê-lo. Só tenho pena que alguns colaboradores do Quartzo não apareçam também por aqui com posts ou comentários.