J. O. TRAVANCA-RÊGO

Sideração

Há uma aguda faca de cansaço
contra o meu lado esquerdo, coração e cérebro:
“Serão as pegadas de mais tempo?
“Será o universo tresmalhado?
(Será um assassinato a quem se ama).

Regresso a uma casa e arde o tempo:
Aqui habito. Aqui transpiro. Aqui desapareço.
- E é de voltas a sítios num espaço
que os astros uns aos outros se consultam.

Na Terra nasço, e na terra eu durmo
Na Terra ocupo o espaço e a fala canta
- Despi os Astros
e reúno dúvidas...

A vida é como eu digo – acaba cedo;
E o sentido de sê-lo nem um credo,
extraído às raízes da Ciência,
vem revelar às portas da razão
um anjo transportado sobre os séculos...


(in Sinais: 15 Poemas de Sideração e de Saudade, Átrio, 1991)

6 comentários:

castanha disse...

Muito Bom :)

ribeirinholeal disse...

O Poeta João Orlando Travanca-Rêgo é um marco importante das Letras Nacionais. Em Vila Boim, sua terra natal, foi aluno do meu Pai, que diz sempre que o Poeta Travanca-Rêgo foi o aluno mais inteligente "que lhe passou pelas mãos". E porque falo de alunos, permitam-me que acrescente que a minha Mãe, que também era professora, dizia que o seu melhor aluno tinha sido o Dr. João Garção.

ns disse...

Só agora vi este comentário do Prof. Ribeirinho Leal. O qual me toca muito de perto - porque, para quem não o saiba, João Garção é o meu filho mais velho.
E, paralela a esta satisfação pelo que Ribeirinho Leal disse, queria aqui deixar também uma amargura. Ontem mesmo João Garção, que foi eleito como nº 2 na lista à Camara de Felgueiras, foi acusado anonimamente por gente que mais tarde ou mais cedo será descoberta de, pasme-se, ter roubado um cofre e por isso estar detido na Judiciária!
Por este exemplo se pode avaliar o que valem as calúnias e injúrias postas a correr contra a drª Fátima Felgueiras.
Mas o tempo - e os tribunais - decerto esclarecerão tudo.
É que no fundo a verdade não dorme, como se diz e muito bem de Deus.

ribeirinholeal disse...

Pois é,Amigo Nicolau Saião, a calúnia é sempre fruto de mentes perversas e consciências perversas, maldosas, maquiavélicas mesmo. Todavia, cremos que a justiça há-de triunfar da aldrabice oportunista e reles que alguns, sem crédito nem vergonha, se comprazem em divulgar. Sei perfeitamente que o Dr. João Garção é um Homem de bem. Desconhecia absolutamente a notícia e neste momento menos agradável para a Família Garção, apresso-me a testemunhar a minha solidariedade.

ns disse...

Obrigado, amigo!
É claro que as calúnias estão a virar-se contra os desconhecidos (mas tudo parece vir dum sector bem conhecido...)que as têm propalado. Neste momento esse sector chegou ao ponto mais baixo de popularidade local e, assim que se soube da aleivosia e a resposta que JG deu através da TSF (enrouparam isso com hipotéticas pressões sobre presidentes de junta, já desmentidas e desmascaradas)logo chegaram muitas manifestações de solidariedade.
O que farão determinadas pessoas como alguns comentadores que, a coberto do seu estatuto, têm bolsado infâmias incríveis, quando a verdade sobre tudo o que rodeia Felgueiras se clarificar e atingir dimensão nacional?
Farão mea-culpa?
Como cristão gostava de relembrar que o arrependimento nunca é negativo.
Assim essa gente se arrependa sincera e nobremente!

Ruy Ventura disse...

Um abraço ao meu amigo João e a toda a família. Há gente tão baixa que, não tendo outros meios para achincalhar os seus semelhantes, só sabe recorrer à calúnia, à intriga e à maledicência. Mas a luz será sempre revelada, mais tarde ou mais cedo - como nos ensinou Cristo.