“Fanal” – antologia poética

“Estrada do Alicerce” inicia hoje a publicação de uma antologia poética. Nela serão colocados à disposição de todos quantos nos visitam alguns dos poemas que vieram a lume no suplemento cultural Fanal, editado no jornal O Distrito de Portalegre entre 14 de Abril de 2000 e 4 de Julho de 2003. As suas páginas, coordenadas por Nicolau Saião e Ruy Ventura, com o aconselhamento artístico de João Garção, tiveram a honra de contar com a colaboração de muitos dos mais importantes poetas portugueses, a que se juntaram vários autores provenientes do Brasil, de Espanha, França, Bélgica, Japão, Estados Unidos da América, etc.. O que neste espaço se apresentará é apenas uma centelha da luz lançada com humildade por um suplemento que teve como lema ser “Uma luz do Alentejo no mundo, uma luz do mundo no Alentejo”. Para mais tarde ficará a sua história, não isenta de peripécias que merecem ser conhecidas.


ANTÓNIO RAMOS ROSA

Desmantelada a mesa!
A palavra deserdada sem as suas árvores
sem a sua solidão branca.
O tempo não é verde para os passos.
O que respira ainda ou irradia?
Ao rés da erva, imóvel e inquieta
a palavra procura o seu caminho
através de um ofuscante silêncio nocturno.

****

Nenhum de nós sabe
mas cada um procura ou encontra o que não sabe
e o seu saber reduz-se
à liberdade de ser a voz desconhecida
que deambula na incompletude
entre o rebanho errático
das palavras que ascendem
e retornam à sua solidão murmurante.

(nº 0, 14 de Abril de 2000)


(Proximamente: poemas de Heleno Godoy (Brasil), Carlos Garcia de Castro, José Blanc de Portugal, João Rui de Sousa, Eduardo Olímpio, José Bento, Valter Hugo mãe, Edmar Guimarães (Brasil), Amadeu Carvalho Homem, Albano Martins, José Emílio-Nelson, Fernando Correia Pina, Shinjiro Ishi (Japão), Matilde Rosa Araújo, Orlando Neves, Miguel Jorge (Brasil), José Vieira, etc., etc., etc....)

2 comentários:

mafra disse...

Programa aliciante, vários amigos me têm falado no Fanal e vi um exemplar, mas não se conseguem apanhar mais agora. Venha isso!

Ruy Ventura disse...

Esta antologia será uma amostra do da muita colaboração conseguimos reunir num simples suplemento cultural. Infelizmente já não se conseguem apanhar exemplares... Esta é uma maneira de remediar o assunto.